Na tempestade, chame o Mestre! por: Antonio Júnior

Entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia. Os discípulos foram acordá-lo, clamando: “Senhor, salva-nos! Vamos morrer!” Ele perguntou: “Por que vocês estão com tanto medo, homens de pequena fé?” Então ele se levantou e repreendeu os ventos e o mar, e fez-se completa bonança. Os homens ficaram perplexos e perguntaram: “Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mateus 8:23-27)

Jesus tem nos chamado para entrar no barco com Ele e juntos atravessarmos o mar da vida cristã. Porém, até que cheguemos à outra margem, inúmeras tempestades surgirão para nos afundar. É neste momento que muitos se desesperam e pulam para fora do barco, se esquecendo de que ficar sozinho no mar, é ‘morte’ na certa. Quando os discípulos foram chamados para entrar no barco com Jesus, eles não imaginavam o que os aguardavam à sua frente. Uma tempestade terrível veio em sua direção justamente quando o Mestre estava dormindo. Os discípulos então se desesperaram, pois a água já estava enchendo o barco e sabiam que era só uma questão de tempo até que afundassem. Eles ainda não tinham muita fé pois estavam caminhando com Cristo há pouco tempo, e apesar de já terem visto grandes milagres, ainda não haviam experimentado milagres por eles mesmos. Então eles tomaram uma decisão muito importante: decidiram clamar a Jesus: “Senhor, salva-nos! Vamos morrer!“. Jesus se despertou e no mesmo instante acalmou a tempestade!

Quem nunca se sentiu como se o Senhor estivesse “dormindo” diante dos seus problemas? Muitas vezes achamos que Ele não está se importando ao ver tudo se afundar em nossas vidas. Talvez o seu filho que se envolve cada vez mais nas drogas, seu casamento que vem sendo destruído pela infidelidade e falta de amor ou as dores no corpo que nunca melhoram. Tudo isso tem sido motivo para as pessoas abandonarem o barco e tentarem resolver à sua maneira.

Mas se você já decidiu que nunca irá abandonar sua fé (não importa o que aconteça), mas também não sabe o que fazer, então é hora de você chamar o Mestre! Ele não está dormindo como você pensa. Ele está apenas permitindo que tudo isso aconteça, para que você amadureça e acredite que Ele ainda opera milagres! Ao final de tudo isso, você verá o grande livramento do Senhor que te deixará maravilhado!

Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Por isso não temeremos, embora a terra trema e os montes afundem no coração do mar, embora estrondem as suas águas turbulentas e os montes sejam sacudidos pela sua fúria.” (Salmos 46:1-3)